Increva-se na Newsletter

Acompanhe a Fitflavours

Maltodextrina: entenda porque você deve ou não usar este suplemento

Maltodextrina: entenda porque você deve ou não usar este suplemento

 

A maltodextrina é um carboidrato complexo muito utilizado por atletas. Como sua absorção pelo organismo é gradativa e lenta, ela fornece energia de forma rápida e eficaz para atividades físicas de longa duração que necessitam de resistência.

 

O que é maltodextrina e o que ela faz

Proveniente da conversão enzimática do Amido do Milho, a maltodextrina é essencial para que os músculos não entrem em fadiga.

Ao adicionar este suplemento à água, formam-se polímeros de glicose que, quando ingeridos, elevam as taxas de insulina formando o tão conhecido Pico de Insulina na corrente sanguínea. Esses polímeros conseguem ser rapidamente absorvidos pelo organismo, sendo ideal para quem está entrando em fadiga. Ela será metabolizada e aumentará os níveis de energia muscular, permitindo que você continue a musculação sem prejuízos.

 

Benefícios da Maltodextrina

A maltodextrina é ideal para manter os níveis de glicose no sangue na quantidade certa durante um extenso período de tempo, evitando problemas como a hipoglicemia.

Para quem pratica exercícios resistidos como a musculação, o suplemento é indicada para evitar que a proteína localizada nos músculos seja utilizada como fonte de energia. Portanto, quem pratica esse tipo de atividade física deve ingerir este carboidrato logo após o treino para evitar a degradação da fibra muscular.

Você pode associar a maltodextrina a um Whey Protein. Pois o carboidrato auxilia a proteína a entrar na célula e ser utilizada por ela para a construção e reparação dos músculos.

Qual a forma correta de consumir a maltodextrina?

A maltodextrina deve ser utilizada apenas nos dias em que você praticar exercícios físicos. Assim não haverá uma superdosagem de carboidratos. Para aqueles que praticam atividades aeróbicas, o ideal é consumi-la antes e durante o treino. Já para os praticantes de musculação, o consumo deve ser feito imediatamente após o treino.

Para saber qual a quantidade ideal de suplemento a ingerir, procure um nutrólogo ou nutricionista. Ele irá avaliar seus hábitos alimentares, seu peso e pedirá exames para informar se você realmente precisa consumir este suplemento e qual a quantidade mais adequada. Porém, a quantidade média são cerca de 1 a 3 colheres de sopa diluídas em 250 ml de água.

A forma mais indicada de se ingerir a maltodextrina é junto à Whey Protein no pós-treino. Você pode tomar junto à Creatina, BCAA ou Glutamina.

Maltodextrina engorda?

Sim. O consumo da maltodextrina em excesso e sem orientação profissional pode engordar.

Quando o suplemento é ingerido em excesso, forma-se um pico de insulina. O que significa que há uma grande quantidade desta circulando em seu corpo e metabolizando açúcar. Além de haver uma hipoglicemia momentânea e te levar a ter acessos de vômito e náuseas, pode haver o acúmulo de uma grande quantidade de gordura. Caso este carboidrato não seja utilizado, será armazenado nas células de gordura com a ajuda da insulina liberada.

Quem pode e quem não pode consumir

A orientação é que seja consumida por atletas ou por praticantes de exercícios aeróbicos intensos ou musculação.

Caso você tenha diabetes, evite consumir este suplemento. Por se tratar de um carboidrato de rápida absorção, eleva os níveis de glicose rapidamente, o que causa a hiperglicemia. Portanto, consulte um médico e um nutricionista para que estes possam te orientar quanto ao consumo da maltodextrina.

A Maltodextrina não faz mal ou causa efeitos colaterais. Caso você tenha diabetes, pode ingerir, mas antes consulte seu médico ou nutricionista para orientar a quantidade e período correto para se tomar o suplemento.

 

Ainda ficou alguma dúvida sobre a Maltodextrina? Comenta aqui em baixo para que possamos sanar suas dúvidas.

Responder

Deixe seu comentário

×